Publicado por: Battista Soarez | julho 9, 2010

CASO BRUNO

ELIZA SAMUDIO ERA ATRIZ PORNÔ E O GOLEIRO BRUNO UM NEURÓTICO

Eliza Samudio

Goleiro Bruno

Que história! Que encontro! Duas vidas com histórias parecidas têm destinos infelizes: Eliza Samudio morre de forma estupidamente cruel e Bruno, o acusado, foi jogado na prisão e condenado a uma queda trágica e avassaladora como astro do futebol.

Tudo começa com simples olhares atrativos entre Eliza e Bruno durante uma rodada de orgias sexuais, segundo conta o próprio acusado em várias entrevistas a revistas famosas, entre elas a Veja. Eliza Samudio, na sua versão ao jornal Extra, diz, porém, que conheceu o jogador num churrasco na casa de amigos. Os dois começam a namorar e fazer sexo sem preservativo, embora o jogador diz ter sempre usado camisinha. Finalmente, Eliza aparece grávida e já denunciando o goleiro do Flamengo.

Há informações de que Eliza trabalhava como atriz pornô com os nomes artísticos de “Fernanda Faria” ou “Victória Sanders”. O filme Até que em fim anal, uma produção da empresa Brasileirinhas, é um dos trabalhos pornôs em que Eliza participou.

O histórico familiar de Eliza Samudio é meio conturbado. A mãe pediu separação do pai dela porque ele costumava bater na própria mãe. E que, por muitas vezes, a mãe de Eliza se metia na briga para defender a sogra. Agora, o pai de Eliza está respondendo a um processo judicial, acusado de ter estuprado uma garota de 10 anos.

Aos 12 anos, Eliza foi morar com a mãe mas esta, em sendo evangélica, não admitia que Eliza chegasse tarde da noite em casa. E reclama que Eliza não queria se submeter às normas da mãe. Eliza foi criada pelo pai e, mais tarde, sai de casa e passa a morar em casa de amigas e em apartamentos alugados.

Bruno, por sua vez, foi abandonado pelos pais. Foi criado pela avó paterna e, protagonista de uma infância muito pobre, vendeu picolés nas ruas e descarregou carretas para ajudar na renda da família. Entrou para o mundo do futebol, onde, atualmente, recebia um dos maiores salários já pagos a um atleta.

Bruno se torna um adulto agressivo, promíscuo e que costuma bater em mulher. Namora com Eliza, que diz ter sido agredida por Bruno.

Depois de terem namorado, feito sexo e gerado um filho, Bruno e Eliza conduziram uma história que resultou num fim trágico. Ela foi morta, desossada, suas carnes foram jogadas aos cães e, por fim, seus ossos foram concretados. Bruno está preso e vai sofrer na cadeia e, ainda, conviver com o pesadelo da culpa, pondo fim a uma carreira brilhante com sinais de vôo para o esporte mundial.

Que isso sirva de exemplo para as seguintes reflexões:

1. As pessoas devem pensar muito bem antes de formar uma família: saber com quem, a procedência e os sinais de relacionamentos com aquela pessoa.

2. Depois de formada a família, procurar ter juízo e responsabilidade com o lar, mantendo boas relações conjugais. E evitar, rigorosamente, sepações.

3. Contudo, em caso de separação, procurar manter amizade, principalmente se houver filhos na relação.

4. Evitar justiça o máximo que puder. Pois a justiça brasileira não é conciliadora e, na maioria das vezes, piora a situação. Em sendo a justiça parcial, a parte prejudicada ficará ofendida e pode se transformar em um vingador. Muitas pessoas de bem acabam se transformando em “bandido” após batalhas judiciais injustas.

5. Os pais não devem ser permissivos demais e nem opressores. O diálogo familiar, a harmonia, o lazer e a honestidade na relação homem/mulher ainda é o melhor antídoto contra confrontos e tragédias em relacionamentos afetivos.

6. Para as moças, evitar o golpe da barriga é o melhor caminho. Na verdade, nenhum homem gosta de ser surpreendido com uma gravidez inesperada. E na grande maioria dos casos ele fica com raiva e abandona a mulher, que ficará sozinha com o filho, o sofrimento e uma gama de problemas na bagagem.

7. Para os rapazes, evitar cair em laços de mulheres fáceis demais os salvará daquelas avarentas que fingem amar só para arrancar dinheiro e tentar levar uma boa vida sem nenhum esforço ocupacional. Principalmente se o homem tem dinheiro e/ou aparência de um bom negócio.

8. Se a tal relação está lhe causando estresse e raiva, é sinal de que vai piorar e dificilmente dará certo. Fuja disso enquanto há tempo. Evite brigas, tragédias e rancores. Mesmo que você não seja uma má pessoa, estes sintomas podem transformar sua índole e você poderá se tornar alguém que você nunca imaginou ser.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: